Leia Mais

MAIS LIDAS HOJE


COTAÇÕES


20/04/2017  62


Polícia terá acesso a sistemas da Anatel para bloquear celulares

Da Redação



Polícia terá acesso a sistemas da Anatel para bloquear celulares

O Governador Geraldo Alckmin autorizou anteontem o início da parceria entre a Secretaria da Segurança Pública e a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O acordo foi firmado para facilitar e agilizar o processo de bloqueio de aparelhos celulares roubados, furtados e extraviados. A iniciativa já havia sido anunciada pelo governador no final de março, após reunião com o presidente da Anatel e agora está oficializada.

“Então, imediatamente cancela o IMEI (Identificação Internacional de Equipamento Móvel). Isso vai derrubar o roubo e furto de telefones celulares. Não vai adiantar nada ficar com o aparelho se o telefone não funcionar. Então são duas medidas, uma para coibir um dos principais itens de roubo e furto, que é o celular, e a outra medida é para a investigação”, disse o governador.

A parceria permitirá à Polícia Civil o acesso ao sistema de Cadastro de Estações Móveis Impedidas (CEMI), administrado pela Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações (ABR Telecom). O CEMI possibilita o bloqueio automático do aparelho com a inclusão do IMEI em uma base de dados centralizada. Isso vai acontecer quando o lesionado estiver fazendo o B.O. (Boletim de Ocorrência).

O acordo também permite o bloqueio imediato de aparelhos não habilitados, furtados ou roubados de lojas e de caminhões. Isso é possível desde que os proprietários tenham na nota fiscal a indicação do IMEI.

A medida ajuda nas investigações em todo o Estado de São Paulo, trazendo maior rapidez e eficiência à atuação policial. Como consequência, também desestimulará o roubo e o furto de aparelhos celulares, que se tornarão inúteis com o bloqueio do IMEI. A novidade está em fase de testes no Departamento de Inteligência da Polícia Civil e, em breve, deve ser ampliada a todas as delegacias do Estado.

Outra novidade da parceria da Secretaria da Segurança Pública com a Anatel é o acesso pela Polícia Civil ao Sistema Integrado de Investigação Telefônica e Telemática (SITTEL). O projeto organiza e padroniza atendimentos para facilitar as interceptações telefônicas e a quebra do sigilo do histórico de ligações. Quando necessário as investigações terão acesso a dados cadastrais e também permitirão que as empresas forneçam a localização de celulares.

O Ministério Público Federal e a Polícia Federal já integram o programa, o que vai facilitar todas as investigações policiais.

6 6




Comentários


Seja o Primeiro a comentar!



Comente esta notícia

Este é um espaço para você opinar e debater. Por isso, o Tribuna Livre não publica comentários anônimos, com ofensa à moral ou honra de outrem, nem com palavras de baixo calão. Links externos serão automaticamente excluídos do conteúdo. Os comentários são limitados a 1024 caracteres. Ajude-nos a manter o nível de respeito ao próximo e denuncie o conteúdo que considerar abusivo.


Um valor é necessário.
Um valor é necessário.Formato inválido.




Caracteres restantes:  Um valor é necessário.Número máximo de caracteres excedidos.

TOP TRIBUNA

Cidade

Interact de Venceslau faz entrega de chocolates no Lar Aconchego
14/04/2017 83


Policia

Carga de maconha ? apreendida em Presidente Epit?cio
14/04/2017 79


Cidade

CEI DO IPREVEN: Defini??o de consultoria externa deve ocorrer na semana que vem
14/04/2017 78


Cidade

Servidores da Prefeitura de PV fazem manifesto para pedir reajuste
12/04/2017 66


Brasil

Campanha de vacina??o contra gripe come?a na segunda-feira
14/04/2017 64



Clima Tempo - Presidente Venceslau