Leia Mais

MAIS LIDAS HOJE


COTAÇÕES


20/04/2017  33


Lista sigilosa de Fachin cita Lula, Palocci e Cunha

Da Redao


Documentos revelados na edição de ontem do jornal ‘O Estado de S.Paulo’ mostram como o setor de propina da Odebrecht se estendeu a vários países. Há relatos de pagamentos indevidos no Peru, México, Equador, Venezuela, Cuba e Angola.

A parcela dos documentos relacionados à delação dos executivos da Odebrecht que ainda está sob sigilo contém citações ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ao ex-ministro Antonio Palocci e ao ex-presidente da Câmara deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), informou o jornal “O Estado de S. Paulo”, que teve acesso a decisões do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF). 

Esses casos ainda estão sob sigilo para preservar as investigações. Em alguns, o ministro pediu mais informações ao Ministério Público Federal. Em outros, o pedido de investigação feito pelo MPF foi enviado para outras instâncias do Judiciário. Ainda não está decidido se inquéritos referentes a esses casos serão abertas ou não. 

Casos em outros países

Na lista ainda sob sigilo, as revelações dos delatores mostram como o departamento de propina da Odebrecht se estendeu a vários países. 

A empreiteira teria feito pagamentos mais de R$ 200 milhões, ilegalmente, em obras no exterior. 

Os delatores mencionaram pagamento de R$ 114,5 milhões em propina na obra do metrô de Caracas, na Venezuela. No Equador, a construção da hidrelétrica Toachi-Pilatón teve, segundo os delatores, propina de R$ 3,1 milhões. 

Campanhas eleitorais 

no exterior

Segundo o jornal, há relatos de pagamento de vantagens indevidas em nove campanhas eleitorais, em um total de R$ 17,43 milhões. 

Nas delações, os executivos da Odebrecht falaram sobre doações de campanha no exterior negociadas pelo ex-ministro Antonio Palocci (PT). 

Ele teria pedido R$ 9,3 milhões para o candidato à Presidência do Peru, Ollanta Humala, e R$ 5,3 milhões para o marqueteiro João Santana, pela campanha de Mauricio Funes à presidência de El Salvador. 

Os delatores relatam ainda o pagamento indevido de R$ 15,5 milhões para Emilio Lozoya, ex-presidente da Pemex, a estatal de petróleo do México, e de R$ 62 milhões para um ministro angolano não identificado. 

No caso de Angola, outra petição diz respeito à suposta atuação de Lula para favorecer a empresa do sobrinho dele Taiguara Rodrigues dos Santos. 

Segundo delatores, a empresa Exergia teria sido contratada pela Odebrecht, apesar de não ter experiência no ramo. 

O contrato previa a prestação de serviços entre 2011 e 2014, quando Lula já havia deixado a Presidência. 

As informações e documentos referentes a essa delação serão encaminhados à Justiça Federal do Paraná, a pedido da Procuradoria Geral da República, porque fatos semelhantes já eram apurados anteriormente. 

Delatores também contam que Lula e o hoje governador de Minas, Fernando Pimentel (PT), atuaram para viabilizar as obras da Odebrecht no Porto de Mariel, em Cuba. 

O ex-presidente Lula nega as acusações. A assessoria do petista diz que ele vem sendo acusado sem provas. (Com G1)




Comentários


Seja o Primeiro a comentar.



Comente esta notícia

Este é um espaço para você opinar e debater. Por isso, o Tribuna Livre não publica comentários anônimos, com ofensa à moral ou honra de outrem, nem com palavras de baixo calão. Links externos serão automaticamente excluídos do conteúdo. Os comentários são limitados a 1024 caracteres. Ajude-nos a manter o nível de respeito ao próximo e denuncie o conteúdo que considerar abusivo.


Um valor é necessário.
Um valor é necessário.Formato inválido.




Caracteres restantes:  Um valor é necessário.Número máximo de caracteres excedidos.

Data: 28/07/2017


Edições Anteriores

TOP TRIBUNA

Cidade

Agente de escolta venceslauense morre ao ser baleado durante assalto
18/07/2017 21


Brasil

Vereadores em Marabá entregam pedido de emenda a deputado
22/07/2017 17


Cidade

Recadastramento imobiliário em PV começa nesta segunda
15/07/2017 16


Cidade

Venceslau terá coleta de lixo terceirizada
13/07/2017 12


Receitas

Receita do dia: Sorvete de Maracujá
15/07/2017 12



Clima Tempo - Presidente Venceslau