Santa Casa de Pres. Venceslau tem déficit mensal de R$ 300 mil, diz jornal prudentino
Santa Casa de Pres. Venceslau tem déficit mensal de R$ 300 mil, diz jornal prudentino


Conforme reportagem deste domingo do jornal O Imparcial, a Santa Casa de Presidente Venceslau apresenta déficit mensal de R$ 300 mil. Nos cinco primeiros meses de 2018, a dívida já soma R$ 1,5 milhão.
De acordo com o jornal, entre as Santas Casas da região de Presidente Prudente, a unidade de Venceslau lidera o ranking com maior déficit mensal.
Além de Presidente Venceslau, aparece na lista de devedores a Santa Casa de Regente Feijó, com o acúmulo deficitário desde 2013 no valor de R$ 1,2 milhão. Em contrapartida, a instituição de Prudente fechou 2017 com um déficit contábil controlado de R$ 750 mil. Fechando a lista, Martinópolis e Santo Anastácio possuem um acúmulo de janeiro a maio no valor de R$ 150 mil (R$ 30 mil mensais) e R$ 25 mil, respectivamente.
Todavia, a menos de 15 km de Prudente, o hospital de Álvares Machado possui um orçamento dentro do limite e nos três primeiros meses do ano enfrentava um déficit mensal de R$ 3 mil, que hoje está sanado. Conforme o provedor Paulo Sérgio Delfin Machado, a entidade não tem dinheiro sobrando, mas também não tem uma conta negativa. 
No geral, entre as principais reclamações dos provedores e administradores ouvidos pela reportagem do jornal, estão a falta de reajustes no repasse do SUS (Sistema Único de Saúde) e a dificuldade de manter as atividades com um orçamento apertado.  
As fontes de renda das instituições são os repasses, tanto em âmbito federal quanto em âmbito municipal, além de campanhas de arrecadação e convênios particulares. Dentre esses, a maior marca é da santa casa prudentina, com um valor aproximado de R$ 2,4 milhões de repasse do SUS, ao passo que também é a unidade que mais atende pelo sistema, com cerca de 290 mil procedimentos, exames, consultas e internações registrados em todo o ano de 2017.
 Em contraste, a unidade de Regente Feijó, que atende os munícipes de Anhumas e Indiana, recebe das duas esferas e de cirurgias particulares um total de R$ 131 mil. As demais variam: Venceslau, com uma renda total de R$ 1,185 milhão; Martinópolis, com R$ 419 mil; e Anastácio, com R$ 381 mil.
Ao explicar a situação financeira da Santa Casa de Venceslau, o gerente administrativo Murilo César dos Santos Silva menciona o custo para manter a entidade funcionando, com pagamento de médicos, materiais e medicamentos. Segundo ele, a Santa Casa de Venceslau tem a expectativa de melhorar as condições através de recurso via BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), no valor de R$ 5,5 milhões. “O objetivo é sanar o déficit e algumas dívidas da folha de pagamento atrasadas. Neste ano, a situação está um pouco mais difícil, algumas contas já estão virando judiciais, nossa salvação é esse projeto”, relata Murilo. (Com O Imparcial) 
 

Compartilhar Google+


Comentário(s)

Publicidade


Busca

Siga-nos

Acompanhe o Tribuna Livre nas Redes Sociais!

Notícias Recentes

ORÇAMENTO ESTADUAL


Etecs divulgam locais das provas do Vestibulinho do 2º semestre


Instituto Butantan consegue patente para produção da vacina contra dengue


Tabela de frete aumenta preço do feijão e do arroz, diz CNA


Temer alerta para os que apostam na notícia falsa para se beneficiar nas eleições deste ano


1
Fatal error: Cannot redeclare __autoload() (previously declared in /var/www/html/tribunalivrepv.com.br/web/_app/Config.inc.php:9) in /var/www/html/tribunalivrepv.com.br/web/_app/Config.inc.php on line 9