Raphael questiona redução do horário de atendimento na Farmácia Municipal
Raphael questiona redução do horário de atendimento na Farmácia Municipal


Ao tomar conhecimento das medidas do prefeito de Presidente Venceslau, Jorge Duran, para contenção de despesas, o vereador Raphael do Fórum (PPS) se mostrou indignado com os reflexos que poderão causar junto à população.
Sua principal preocupação é a  diminuição do horário de atendimento da farmácia pública municipal que, a partir de agora, tem expediente reduzido, atendendo apenas até ás 13h30.
“A população não pode pagar mais uma vez pela ineficiência da administração, que de forma contraria do esperado pune os menos favorecidos”, afirma.
“Como fará o paciente que passar por uma avaliação médica após às13h30? Terá que esperar até o dia seguinte?”, questiona Raphael.
“Numa situação onde se requer medicamentos de forma imediata o paciente terá que esperar até o dia seguinte, ainda sem a certeza se encontrará”,  alerta o vereador.
Raphael sugere que outras medidas sejam adotadas para proporcionar economia, como é o caso de ações voltadas para o IPREVEM (Instituto de Previdência Municipal) que, segundo ele, necessita ser melhor gerenciado.
“O órgão poderia ser abrigado em alguma repartição municipal e, com isso, deixaria de ser gasto cerca de R$ 3 mil com aluguel. Poderiam ainda economizar nas perícias com a utilização de médicos de rede publica”, sugere.
O vereador vai  mais além, ao ressaltar “o que falta mesmo é noção de gestão pública, uma vez que o IPREVEM sozinho é responsabilizado pelo custo mensal de mais de 60 mil reais que com criatividade poderia ser economizado”.
“O órgão possui ainda funcionários, advogados e outros gastos que dariam para ser absorvidos pela municipalidade”, argumenta.

Compartilhar Google+


Comentário(s)

Publicidade









 

Siga-nos

Acompanhe o Tribuna Livre nas Redes Sociais!

Notícias Recentes






1