‘Alckmin não vai a lugar nenhum, a menos que dê golpe’, afirma Gleisi
‘Alckmin não vai a lugar nenhum, a menos que dê golpe’, afirma Gleisi

 

Em discurso na tribuna do Senado na tarde desta terça-feira, a senadora Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do PT, atacou a política econômica do governo Michel Temer, citou uma série de notícias reveladoras da crise brasileira e destacou a responsabilidade do PSDB sobre as dificuldades e desesperança da população. “Não era essa gente que ia consertar Brasil? Essa gente não entende o povo brasileiro. Vamos explicar para o mercado, para a Rede Globo, para os golpistas: mais de 50% da população brasileira ganha até dois salários mínimos”, disse. “É o que essa gente paga por um jantar. Eles não têm noção do que é buscar álcool no posto de gasolina para cozinhar.”
Segundo ela, o baixo índice de intenção de votos no pré-candidato tucano à Presidência da República, o ex-governador Geraldo Alckmin, reflete a compreensão da população do papel dos tucanos na política de ajuste neoliberal de Temer. “Alckmin não sobe nas pesquisas e não vai subir. Esse não entende de povo. Eles ajudaram a dar o golpe. Temer é que está fazendo isso, com o PSDB, com os tucanos”, afirmou. “Não vão ter candidato competitivo. O Alckmin não vai a lugar nenhum, a menos que dê (novo) golpe. Uma eleição se faz com o povo, e o povo não quer a política neoliberal.”
Ela destacou os cortes em programas sociais, na educação e na saúde como os principais exemplos de políticas perversas postas em prática pelo governo. “Vocês estão aumentando o sofrimento de gente. Aí não sabem por que, quando fazem uma pesquisa, dá 30% para Lula mesmo preso. E quando começar a campanha vai aumentar.” (Com RBA)

Compartilhar Google+


Comentário(s)

Publicidade









 

Siga-nos

Acompanhe o Tribuna Livre nas Redes Sociais!

Notícias Recentes






1