Arma usada para matar Nilson pertencia ao mandante do crime, diz delegado
Arma usada para matar Nilson pertencia ao mandante do crime, diz delegado

A arma que matou o advogado Nilson Aparecido Carreira Mônico era de propriedade do mandante do crime, o empresário Luiz Henrique Almeida Reis.
A informação foi confirmada nesta quarta-feira, 08, pelo delegado Adalberto Gonini Júnior (foto), após ouvir Vilson José Rosa, que foi preso na última sexta-feira, 03, em São Bernardo do Campo. 
Conforme Gonini, Vilson foi procurado pelo empresário para praticar o crime, mas recusou. Pelo serviço, iria receber R$ 10 mil. No entanto, Vilson acabou indicando o ex-policial Wagner Oliveira da Silva, o autor dos disparos que matou o advogado.
Vilson fez a entrega da arma a Wagner depois de recebê-la do empresário em encontro um dia antes do crime, contou o delegado. Para a polícia, Vilson é considerado o elo entre o empresário e Wagner.   
Com o mandado de prisão temporária de 30 dias, Vilson segue preso na cadeia pública de Presidente Venceslau.
Nesta quarta-feira, o delegado Everson Contelli, também responsável pela apuração do caso, explicou ao Tribuna Livre que o pedido de prisão temporária  de 30 dias se destina, exclusivamente, para investigações. “Como se trata de investigações dentro de novo inquérito policial, se diz que elas [as investigações] se encerram com o relatório, no prazo de 30 dias, ou antes, se assim considerar a autoridade policial, sempre que esgotadas as diligências”, afirmou.
Questionado sobre a informação transmitida por Gonini de que o caso estaria encerrado, assunto que foi manchete na edição deste domingo do Tribuna Livre, Contelli esclareceu o contexto da informação. “Quando se diz que o caso está encerrado, a explicação é que não existem outras pessoas investigadas ou sob a iminência de prisão. Foi esse foi o contexto da entrevista, mas o inquérito policial continua até se esgotar as diligências que estão sendo desenvolvidas no autos”, afirmou. 

Compartilhar Google+


Comentário(s)

Publicidade









 

Siga-nos

Acompanhe o Tribuna Livre nas Redes Sociais!

Notícias Recentes






1