Cesta básica está 6,54% mais cara em Presidente Prudente, segundo IPT
Cesta básica está 6,54% mais cara em Presidente Prudente, segundo IPT

A Empresa Júnior da Toledo Prudente Centro Universitário divulgou essa semana o 23º Índice de Preços Toledo (IPT) do ano de 2018 realizado em supermercados de Presidente Prudente.
A pesquisa foi realizada em 6 supermercados da cidade, no último dia 07, e constatou uma inflação de preços em relação à pesquisa anterior de 6,54%, ou seja, o consumidor que gastava R$ 534,66 para compra da cesta básica do IPT, hoje gasta em média, R$ 569,60.
O grupo de higiene pessoal apresentou inflação de 18,06%, com destaque para o Papel higiênico (4un. 30m - folhas simples) com aumento de 73,15%.
 O grupo de artigos de limpeza apresentou aumento de 10,85%, com destaque para o Sabão em pó (1kg) com um aumento de 26,88% e o Desinfetante (tipo pinho - 500ml) com aumento de 6,61%.
 Seguindo a tendência de alta, o grupo de alimentos apresentou inflação de 4,72%, com destaque para o Feijão carioquinha (1 kg) que apresentou um aumento de 29,85%.
 Devido às promoções, variedades e disponibilidade de produtos nos estabelecimentos, alguns produtos apresentaram uma considerável diferença de preços entre os locais pesquisados, como a água sanitária (1L) que variou entre R$1,59 e R$3,99, resultando numa diferença de 150,94% e o queijo mussarela (Kg) com variação de R17,90 e R$29,80, resultando numa diferença de 66,48%.
A concorrência entre os supermercados dá ao consumidor a oportunidade de economizar até 49%, pois, comprando uma unidade de cada produto pelo maior preço, ele gastaria R$ 249,34. Já se a sua compra fosse feita pelo menor preço de cada produto, o total gasto seria de R$ 167,50, economizando assim o valor de R$ 81,84. 
 

Compartilhar Google+


Comentário(s)

Publicidade









 

Siga-nos

Acompanhe o Tribuna Livre nas Redes Sociais!

Notícias Recentes




InnPress



1