Em julho, comércio varejista perde 34 postos de trabalho
Em julho, comércio varejista perde 34 postos de trabalho

 

Conforme levantamento divulgado ontem pelo Sincomércio do Pontal do Paranapanema/Alta Paulista, o comércio varejista fechou 34 postos de trabalho formal em julho. 
De acordo com a entidade, o saldo negativo é resultado de 121 admissões e 155 desligamentos. Com isso, 259 vagas foram eliminadas no acumulado dos últimos doze meses, saldo de 1.758 admissões e 2.017 desligamentos. 
O varejo do Pontal do Paranapanema encerrou o mês com 5.412 trabalhadores ativos, sendo o setor de supermercados o que mais emprega.
Em julho, cinco atividades registraram saldo negativo de vagas, com destaque para as lojas de vestuário, tecidos e calçados. No acumulado de agosto de 2016 a julho de 2017, em termos absolutos, a redução do mercado de trabalho do comércio varejista da região afetou mais fortemente as lojas de vestuário, tecidos e calçados. No ano, são 182 postos celetistas a menos no varejo do Alto do Paranapanema.
Avaliando a movimentação da mão de obra, apenas o varejo de Caiuá e de Piquerobi, entre os 10 municípios da base de representação do Sincomércio do Pontal do Paranapanema, apresentaram saldo positivo em julho.
Sobre os números acumulados do ano nos municípios pertencentes à base representativa do Sincomércio, apenas farmácias e perfumarias apresentaram saldo positivo de vagas.
No acumulado dos últimos doze meses, apenas o varejo de Piquerobi gerou novas vagas. 

(Com Assessoria) 
 

Compartilhar Google+

0 Comentário(s)

Deixe seu Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados são obrigatórios*
Publicidade

Busca

Siga-nos

Acompanhe o Tribuna Livre nas Redes Sociais!

Notícias Recentes






1