Fernanda Lima ‘correu atrás’ de Hilbert quando se separaram: ‘Arranjou outra’
Fernanda Lima ‘correu atrás’ de Hilbert quando se separaram: ‘Arranjou outra’

Levando uma vida longe do glamour nos Estados Unidos com Rodrigo Hilbert e os filhos, os gêmeos João e Francisco, de 9 anos, Fernanda Lima contou que por pouco não perdeu o marido, em 2005, época em que estavam separados. “Quando vi que o Rodrigo tinha arranjado outra namorada e que a coisa estava ficando séria, corri atrás dele e disse: ‘Eu te amo e quero ficar com você!’ Eu não ia perder o homem da minha vida!”, relembrou em entrevista.
Na época da separação, Fernanda Lima protagonizou a novela das sete da TV Globo “Bang Bang”. Sem experiência como atriz, a modelo foi bombardeada de críticas por sua atuação na trama. “Sofri demais. Fiquei no chão, arrasada. Eu era só uma iniciante. Realmente, eu não era boa, mas é que eu não sou uma atriz. Não escolhi ser uma atriz”, disse.
Fernanda Lima escolheu ser apresentadora, e não à toa, agarrou com unhas e dentes a possibilidade de substituir Angélica, pela segunda vez, no “Vídeo Game”, por conta da licença-maternidade da loira “ há 13 anos casada com Luciano Huck. “Eu também já estava grávida dos gêmeos, mas não contei pra ninguém, nem na Globo. Tive medo de não me darem o lugar”, revelou.
Sucesso no comando do “Amor & Sexo”, em que Rodrigo Hilbert surgiu como drag queen, Fernanda Lima sente a força de seu papel como apresentadora: “A gente poder falar ao microfone é um negócio muito poderoso, a gente tem uma responsabilidade enorme, não cabe mais fazer da minha vida a bonitinha do Instagram, foto de biquíni, selfie, não. Agora eu tenho que dar conta disso aqui.”
Aos 40 anos e dona de uma silhueta enxuta, Fernanda Lima sente os reflexos do passar do tempo no corpo. “A pele já me incomoda. Não tenho mais a pele de guria. Ainda vou à praia de biquíni, ainda mantenho barriga tanquinho, mas a pele é de uma mulher que é mãe de dois filhos e que teve um barrigão, e isso não é a coisa mais agradável do mundo”, disse.
No programa “Amor & Sexo”, Fernanda Lima costuma abordar assuntos fortes, como o feminismo. “Eu me tornei um ser político. E aí, quando tu me perguntas: ‘Tu és feminista?’. Hoje, com toda certeza, eu te digo que sim. Se eu pensar no meu passado, minha trajetória toda foi feminista. Eu nunca deixei que um homem me mandasse calar a boca, nunca me deixei ser violentada a ponto de não me defender, nunca desisti de nada por ter alguém competindo comigo. Então eu tenho direito de estar aqui e de gostar de quem eu sou”, afirmou.

Compartilhar Google+


Comentário(s)

Publicidade


Busca

Siga-nos

Acompanhe o Tribuna Livre nas Redes Sociais!

Notícias Recentes

TRIBUNAL DO CRIME


SAP adquire mais de duas mil novas armas para agentes


Incêndio consome 300 ha da reserva florestal do Córrego do Veado


ANS está ‘contaminada pelos interesses do mercado’, afirma IDEC


Relatório denuncia contaminação de comunidades rurais por agrotóxicos


1