Caixa realiza mutirão para liquidação de dívidas em Venceslau
Caixa realiza mutirão para liquidação de dívidas em Venceslau


A Caixa Econômica Federal realizará, na segunda-feira (13) e terça-feira (14), em Presidente Venceslau, um mutirão da campanha #QUITAFACIL para recuperação de créditos em atraso, oferecendo benefícios imperdíveis aos clientes.
O mutirão acontecerá na Agência Presidente Venceslau, situada na rua Almirante Barroso, nº 420, no centro da cidade, das 11h às 16h, e contará com atendimento especial de empregados especializados na condução de negociações financeiras. 
O destaque da ação é um grande desconto para pagamento à vista, que pode chegar a até 90% dependendo do caso, um cenário muito favorável aos clientes que estejam com alguma dificuldade para pagar seus empréstimos ou financiamentos.
Para o gerente geral da agência da CAIXA em Presidente Venceslau, Akira Ernesto Tatibana, essa é uma excelente oportunidade para as pessoas regularizarem sua vida financeira. “Tendo em vista uma visível retomada da atividade econômica do país, a CAIXA está possibilitando a seus clientes a oportunidade de colocar seus compromissos em dia e retirar seus nomes dos cadastros restritivos ao crédito, para que possam voltar a consumir e contribuir mais ainda para a saúde da nossa economia”, relata.
A campanha abrange diversas operações de crédito para pessoas físicas e jurídicas, como o crédito consignado, CDC (empréstimo pessoal), financiamento de veículos, Construcard, cartão de crédito, dentre outras.
Para saber se o seu contrato está incluído na campanha, o cliente pode ligar para o número 0800 726 8068, opção 8, ou se dirigir à agência do banco com documento de identificação e CPF. 
 

Compartilhar Google+


Comentário(s)

Publicidade


Busca

Siga-nos

Acompanhe o Tribuna Livre nas Redes Sociais!

Notícias Recentes

TRIBUNAL DO CRIME


SAP adquire mais de duas mil novas armas para agentes


Incêndio consome 300 ha da reserva florestal do Córrego do Veado


ANS está ‘contaminada pelos interesses do mercado’, afirma IDEC


Relatório denuncia contaminação de comunidades rurais por agrotóxicos


1