Alunos e professores da Unicamp conhecem a Pontal Flora, em PV
Alunos e professores da Unicamp conhecem a Pontal Flora, em PV


Conhecer a diversidade de ações e programas voltados para a proteção e gestão dos recursos hídricos no Pontal do Paranapanema foi o objetivo de um grupo com 43 estudantes e 03 professores do curso de Geografia do Instituto de Geociências da  Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), que estiveram de passagem na região neste final da semana. Entre as atividades, a Pontal Flora (Associação de Recuperação Florestal do Pontal do Paranapanema) esteve no roteiro oficial da excursão.
Na visita à sede da Pontal Flora, universitários e professores conheceram em detalhes, através de palestra conduzida pelo presidente José Alberto Mangas Pereira Catarino, o histórico da entidade e as ações nas áreas ambientais e educacionais desenvolvidas ao longo dos últimos 26 anos. O grupo teve ainda acesso a estrutura do viveiro e conheceu todos os processos, desde o semeio até a fase de acondicionamento das mudas para envio a campo.
Em consonância com a disciplina de Análise e Gestão de Bacias Hidrográficas, foi apresentado aos visitantes o Projeto Capacitação e Treinamento para Preservação e Gestão dos Recursos Hídricos, desenvolvido em parceria com o Comitê de Bacia Hidrográfica do Pontal do Paranapanema (CBH-PP), Fundo Estadual de Recursos Hídricos (FEHIDRO) e Governo do Estado de São Paulo, cuja atuação simultânea nos 26 municípios abrangidos pelo CBH-PP inclui cursos de capacitação e treinamento, bem como plantio de matas ciliares. 
Em seguida, com a participação do engenheiro agrônomo e funcionário da CODASP (Companhia de Desenvolvimento Agrícola de São Paulo) em Presidente Prudente, Diego Henrique Santos, foi feita a demonstração técnica do equipamento denominado “simulador de chuvas” para a visualização, em escala reduzida, do impacto das águas pluviais em solos com vegetação e nos desguarnecidos de qualquer proteção vegetal. Com a experiência, o grupo constatou o desgaste provocado em diferentes tipos de terrenos e suas consequências diretas na natureza, bem como os métodos eficazes para se evitar o assoreamento de córregos e rios.
Para o professor Raul Reis Amorim, da Unicamp, a passagem dos estudantes na região foi muito proveitosa. “A visita buscou articular o conteúdo teórico trabalhado em sala de aula com a aplicação em campo”, disse. 
Para José Catarino, a presença da Unicamp reforça a importância da Pontal Flora no contexto da atuação em prol da causa ambiental local e regional. “Ter a oportunidade de transmitir a estes jovens estudantes um pouco de nossa experiência e de nosso trabalho é a chance de despertar ou mesmo intensificar junto a eles a preocupação com o meio ambiente dentro da área de estudos”, comentou. 
Para Catarino, os jovens estudantes também poderão ser grandes incentivadores da causa ambiental. “É também a chance, humildemente falando, de que o trabalho da Pontal Flora seja levado adiante para outros pontos do Estado e do país, sendo uma referência futura para quando atuarem no segmento de mercado que escolherem”, reforçou.
Estiveram acompanhando a visita o secretário executivo do CBH-PP, Sandro Roberto Selmo, e o professor Antônio Cezar Leal, do Departamento de Geografia da Faculdade de Ciências e Tecnologia da UNESP, campus Presidente Prudente. (Com Assessoria)

Compartilhar Google+

Comentário(s)

Publicidade

Busca

Siga-nos

Acompanhe o Tribuna Livre nas Redes Sociais!

Notícias Recentes






1