Três instituições de ensino da região de Presidente Prudente se destacam no país
Três instituições de ensino da região de Presidente Prudente se destacam no país

 

 

De acordo com dados IGC (Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição), referentes a 2016, três instituições de ensino superior de Presidente Prudente estão entre as 10 melhores do país em suas respectivas categorias administrativas.
A FCT/Unesp (Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Estadual Paulista) possui conceito 4 e se destaca como a terceira universidade pública estadual mais bem avaliada em âmbito nacional. Já entre as instituições privadas, a Unoeste (Universidade do Oeste Paulista) é considerada a quinta melhor do país, também com nota 4. Quanto aos centros universitários, a Toledo Prudente garante a oitava colocação, apresentando índice 4.
De acordo com o Inep, o IGC é um indicador de qualidade cujo cálculo é feito anualmente e leva em conta a média do CPC (Conceito Preliminar do Curso) do último triênio; a média dos conceitos de avaliação dos programas de pós-graduação stricto sensu, a partir de dados da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior); e distribuição dos estudantes entre os diferentes níveis de ensino, graduação ou pós-graduação stricto sensu.
Unoeste menciona que os resultados das avaliações externas mostram que a instituição “segue avançando com a oferta de ensino de qualidade” e que “supera os requisitos de exigência do órgão do governo federal [MEC], com infraestrutura avaliada como excelente; corpo docente com mais de 80% de mestres ou doutores; e projeto pedagógico atualizado”. A universidade enfatiza a sua expansão para outros municípios paulistas, inicialmente com a implantação do curso de Medicina em Jaú e Guarujá, onde as atividades acadêmicas estão previstas para iniciarem já no primeiro semestre de 2018. 
A Toledo Prudente, por sua vez, pondera que “investe continuamente e intensamente não apenas em estrutura, mas qualidade, inovação, empreendedorismo e tecnologia para formar profissionais diferenciados e que façam a diferença no mercado de trabalho”. (Com O Imparcial)

Compartilhar Google+

Comentário(s)

Publicidade

Busca

Siga-nos

Acompanhe o Tribuna Livre nas Redes Sociais!

Notícias Recentes






1