Santa Casa de PV encerra Novembro Azul com palestra sobre prevenção
Santa Casa de PV encerra Novembro Azul com palestra sobre prevenção


Para encerrar a campanha ‘Novembro Azul’, a Santa Casa de Presidente Venceslau realizou na noite da última quarta-feira (29) uma palestra com o médico Claudionor Inácio Pelaez. O objetivo foi orientar o público participante sobre a importância dos exames preventivos e o tratamento da saúde do homem, em especial contra o câncer de próstata, que é o segundo que mais mata homens no Brasil. No geral, é o sexto tipo mais comum no mundo e o mais prevalente em homens.
O público foi formado também por mulheres e Claudionor ressaltou que elas são importantes no trabalho de conscientização do homem. “São as mulheres que incentivam os homens a realizar os exames, por isso a importância do público feminino também conhecer mais sobre esse tipo de câncer e ajudar a quebrar preconceitos para realizar a prevenção”, disse. 
A palestra foi organizada pela comissão de eventos da Santa Casa de Presidente Venceslau e realizada na recepção do hospital. 
Campanha
“Novembro Azul” é uma campanha de conscientização, realizada por diversas entidades no mês de novembro, sendo dirigida à sociedade e, em especial, aos homens, para a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de próstata.
O câncer de próstata é o câncer mais comum e a segunda maior causa de morte por câncer nos homens. Conforme informações da Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 1.201.619 novos casos e 335.643 óbitos são previstos no mundo pela doença, o que corresponde ao aumento em relação ao ano de 2012 de 9,7% e 9,2%, respectivamente.
No Brasil, a estimativa para este ano de 2017 é de 61.200 casos novos e cerca de 13.772 óbitos (Segundo tumor que mais mata os homens. O primeiro é o câncer de pulmão). É o câncer mais comum no Brasil (excluindo-se os cânceres de pele) e representa cerca de 4 em cada 10 cânceres que atingem a população masculina brasileira com mais de 50 anos de idade.
Segundo Claudionor, urologista que atua em Presidente Venceslau, os principais indicadores de um estágio avançado do câncer de próstata são os problemas para urinar, sensação de que a bexiga não se esvazia completamente e sangue na urina. Dores ósseas, principalmente nas costas, sugerem a presença de metástases, fase em que a doença já é incurável. “O diagnóstico sempre deve ser obtido antes que os sintomas surjam, para que o tratamento tenha altas chances de cura”, explica. (Com Assessoria)
 

Compartilhar Google+

Comentário(s)

Publicidade

Busca

Siga-nos

Acompanhe o Tribuna Livre nas Redes Sociais!

Notícias Recentes






1