Motoristas da região reclamam de condições da Rodovia Raposo Tavares
Motoristas da região reclamam de condições da Rodovia Raposo Tavares

 

Motoristas que passam pela Rodovia Raposo Tavares (SP-270) com frequência afirmam que estão descontentes com a situação da pista. Buracos, remendos e rachaduras dificultam o tráfego, e causam problemas como desalinhamento dos veículos, pneus furados e riscos de acidentes, justificam. 
A reportagem do jornal “O Imparcial”, de Presidente Prudente, percorreu o trecho do km 567 até o km 585, de Presidente Prudente a Presidente Bernardes, e pôde constatar o cenário relatado. Contudo, as queixas dizem que a situação se agrava nas proximidades de Santo Anastácio e Presidente Venceslau.
Motorista de um caminhão nove eixos, Carlos Fernandes Machado, 59 anos, diz que passa pela rodovia de uma a duas vezes na semana e sente dificuldades, devido ao tamanho do veículo e a situação da pista. Conta que precisa desviar dos buracos e, por isso, chegou até a fechar um carro na outra pista, mesmo sem intenção. Além disso, também acabou com três pneus furados em apenas uma semana. “Tem setores que estão bem ruins, com buracos e rachaduras. O pedágio está alto e não compensa pela situação apresentada, já teve épocas melhores”, declara.
Outro motorista que passa constantemente pela rodovia é Renato Fuzetto, 74 anos, que comenta sobre a dificuldade de trafegar. Ele diz que sempre trafega pelo trecho de Santo Anastácio, onde o asfalto está irregular, com ondulações. Dessa forma, questiona o valor pago no pedágio. “Antigamente eles recapeavam por inteiro, agora só tampam os buracos e fica assim. Pagamos pedágio e não vemos retorno”, recorda.
Diversas reclamações são ouvidas pelo frentista Jorge Luiz Pereira Rosa, 32 anos, que mora em Santo Anastácio e trabalha em um posto de combustível às margens da rodovia. Ele nota que, além dos buracos, a via chega a ficar até inclinada devido à quantidade de emendas realizadas no asfalto. “Antes o recapeamento era feito por inteiro, a rodovia era bem mais arrumada. Pelo pedágio que pagamos, merecíamos uma pista melhor”, diz.
Os questionamentos e as reclamações foram encaminhados à CART (Concessionária Auto Raposo Tavares), concessionária responsável pela via, que apenas se manifestou dizendo que os serviços de manutenção e conservação da rodovia são realizados de maneira constante em todo o trecho administrado, dentro do cronograma elaborado e executado em conformidade com os prazos estabelecidos.
Por fim, ressalta que, em 2017, foram investidos mais de R$ 300 milhões em obras de ampliação, modernização e melhoramentos ao longo das rodovias sob sua administração, aumentando as condições de conforto e segurança e proporcionando redução do número de acidentes e preservação de vidas. 
(Com O Imparcial)
 

Compartilhar Google+


Comentário(s)

Publicidade


Busca

Siga-nos

Acompanhe o Tribuna Livre nas Redes Sociais!

Notícias Recentes

ESCOLA COOPERATIVA


Postos em PV estão com estoque baixo de combustível


1ª Dama de SP anuncia novos projetos sociais para região


Prazo para iniciar tratamento de câncer não é atendido no país


Brasil recebe certificação de país livre da febre aftosa com vacinação


1
Fatal error: Cannot redeclare __autoload() (previously declared in /var/www/html/tribunalivrepv.com.br/web/_app/Config.inc.php:9) in /var/www/html/tribunalivrepv.com.br/web/_app/Config.inc.php on line 9