Falta de investimento prejudica potencial da Polícia Civil de SP, afirma delegada
Falta de investimento prejudica potencial da Polícia Civil de SP, afirma delegada


A presidente do SINDPESP (Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo), Raquel Kobashi Gallinati (foto), ao defender a importância da segurança pública como o pilar dos direitos sociais, teceu críticas à falta de valorização do governo na Polícia Civil de São Paulo. 
Reconhecida como uma das melhores polícias do Brasil e da América Latina, a Polícia Civil do Estado de São Paulo enfrenta hoje muitas dificuldades em investimento e estrutura, o que implica em um trabalho limitado dentro de suas potencialidade, afirma Raquel.
“Os policiais são vocacionados, são bem preparados, temos uma polícia de excelência, referência no Brasil inteiro, porém o governo não investe de forma adequada. Há um déficit de políciais, há uma falta de estrutura física e material, como, por exemplo, armamentos, viaturas, até estrutura de prédio para que os policiais possam ali servir a sociedade”, declarou.
Para Raquel, o impacto da falta de investimento e prioridade da segurança não atinge só os profissionais, mas a sociedade como um todo. “Os policiais e a polícia civil são vítimas secundárias nesse processo de desmonte e sucateamento da segurança pública. A principal vítima é a sociedade que hoje está em completa insegurança”, afirmou.
 

Compartilhar Google+


Comentário(s)

Publicidade


Busca

Siga-nos

Acompanhe o Tribuna Livre nas Redes Sociais!

Notícias Recentes

Sincomércio recebe pauta para convenção coletiva da categoria


Comissão inclui alfabetização plena e leitura como objetivos da educação básica


Cármen Lúcia suspende novas regras de cobrança dos planos de saúde


Candidatos com mandato terão prioridade na distribuição do fundo eleitoral, dizem partidos


Ministério do Trabalho é invadido e tem salas reviradas


1