Boliviano é preso em Pres. Venceslau ao transportar cocaína em latas de cerveja
Boliviano é preso em Pres. Venceslau ao transportar cocaína em latas de cerveja


No sábado, um boliviano, de 31 anos, foi preso por tráfico de droga, no km 616,5 da Rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Presidente Venceslau. Ele era passageiro de um ônibus e transportava 13,892 quilos de cocaína em latas de cerveja.
Durante fiscalização, a Polícia Rodoviária abordou o veículo, que fazia o itinerário Corumbá (MS) – São Paulo (SP). O passageiro boliviano apresentou nervosismo no momento da conversa com os policiais.
No bagageiro externo do coletivo a corporação localizou uma mala, que pertencia ao suspeito, com várias embalagens de cerveja, sendo que no interior das latas estavam as cápsulas da droga. Questionado, o passageiro, que é natural e morador da cidade de Santa Cruz de La Sierra, assumiu a propriedade da droga e confessou que a adquiriu de um boliviano na cidade onde mora e que o mesmo o acompanhou até Corumbá (MS), segundo a polícia.
O passageiro ainda revelou que recebeu a quantia de R$ 2 mil para transportar o entorpecente até São Paulo (SP), e que na entrega receberia outra quantia em dinheiro não revelada.
O boliviano foi preso em flagrante e levado para a Delegacia de Polícia Federal em Presidente Prudente, onde a ocorrência foi registrada e a prisão ratificada. Além da droga, também foram apreendidos R$ 1.109, um aparelho celular, e o bilhete de passagem, segundo a polícia.
Ainda conforme a corporação, o homem permaneceu na unidade policial para posteriormente ser encaminhado para audiência de custódia. 
(Com G1)

Compartilhar Google+


Comentário(s)

Publicidade


Busca

Siga-nos

Acompanhe o Tribuna Livre nas Redes Sociais!

Notícias Recentes

Sincomércio recebe pauta para convenção coletiva da categoria


Comissão inclui alfabetização plena e leitura como objetivos da educação básica


Cármen Lúcia suspende novas regras de cobrança dos planos de saúde


Candidatos com mandato terão prioridade na distribuição do fundo eleitoral, dizem partidos


Ministério do Trabalho é invadido e tem salas reviradas


1