Scarpa e Diego Souza quase estiveram do outro lado do muro no Choque-Rei
Scarpa e Diego Souza quase estiveram do outro lado do muro no Choque-Rei

 

Reforços para Palmeiras e São Paulo em 2018, Gustavo Scarpa e Diego Souza poderiam estar vestindo outras cores no clássico desta quinta-feira, disputado na arena do Verdão, às 20h30, válido pela penúltima rodada da primeira fase do Campeonato Paulista.
Cobiçada no mercado, a dupla esteve na mira dos dois rivais desde o ano passado. Verdão e Tricolor, aliás, treinam em terrenos vizinhos. A Academia de Futebol fica ao lado do CT da Barra Funda.
Ainda com Cuca no comando da equipe, a diretoria palmeirense apostou na contratação de Diego Souza no meio de 2017. A ideia era ter o atacante, então no Sport, como um dos principais reforços para o mata-mata da Libertadores.
O interesse era mútuo na época, e a negociação se arrastou por algumas semanas. Mas, com o jogo duro da diretoria do clube pernambucano, o atleta, que seria utilizado na função de falso 9 com a camisa alviverde, permaneceu no Recife até o fim de 2017.
Em janeiro deste ano, o São Paulo agiu rápido no mercado e acertou com Diego Souza. Até o momento, ele fez 12 jogos e marcou dois gols pelo Tricolor. Começou como titular, mas perdeu a posição para o garoto Brenner recentemente.
Gustavo Scarpa fez um caminho quase que inverso. O Palmeiras acompanhava a situação do meio-campista do Fluminense desde o início de 2017, mas o interesse alviverde foi descartado pelos cariocas. Em 2018, duas novas investidas e mais rejeições por parte do Tricolor do Rio de Janeiro.
Sem acordo com o Flu, o Verdão anunciou a desistência na negociação em dezembro. A partir daí, o interesse são-paulino, assim como do Corinthians, cresceu. E Gustavo Scarpa passou a ser apontado como um provável reforço do clube do Morumbi, que hoje tem diretoria liderada pelo ex-jogador Raí.

Compartilhar Google+


Comentário(s)

Publicidade


Busca

Siga-nos

Acompanhe o Tribuna Livre nas Redes Sociais!

Notícias Recentes

Sincomércio recebe pauta para convenção coletiva da categoria


Comissão inclui alfabetização plena e leitura como objetivos da educação básica


Cármen Lúcia suspende novas regras de cobrança dos planos de saúde


Candidatos com mandato terão prioridade na distribuição do fundo eleitoral, dizem partidos


Ministério do Trabalho é invadido e tem salas reviradas


1