Triplex atribuído a Lula vai a leilão público em maio


O triplex no Guarujá, atribuído pelo MPF (Ministério Público Federal) ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, irá a leilão no dia 15 de maio, às 14h, segundo decisão da Justiça Federal. O apartamento foi avaliado em R$ 2,2 milhões.
Caso não apareçam interessados na primeira data, o juiz determinou que o imóvel seja colocado novamente em leilão no dia 22 de maio, com um lance mínimo de 60% do valor (R$ 1,32 milhão).
O leilão público do triplex foi determinado pelo juiz federal Sérgio Moro no dia 29 de janeiro, cinco dias após a condenação de Lula a 12 anos e quatro meses de prisão pelo TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região).
Para colocar o imóvel em leilão  antes mesmo do trânsito em julgado do processo, Moro alegou que o apartamento está em situação de abandono, sem manutenção e tendo seu valor depreciado.
O valor arrecadado com o leilão será depositado em juízo e, com o trânsito em julgado da ação penal contra Lula, poderá ser repassado à Petrobras, caso a sentença seja confirmada, ou ao seu proprietário de fato, em caso de revisão. 
Outro lado
De acordo com a defesa do petista, Lula não é dono do imóvel.


Publicidade


Busca

Siga-nos

Acompanhe o Tribuna Livre nas Redes Sociais!

Notícias Recentes

Sincomércio recebe pauta para convenção coletiva da categoria


Comissão inclui alfabetização plena e leitura como objetivos da educação básica


Cármen Lúcia suspende novas regras de cobrança dos planos de saúde


Candidatos com mandato terão prioridade na distribuição do fundo eleitoral, dizem partidos


Ministério do Trabalho é invadido e tem salas reviradas


1