Federação Paulista diz que vídeo do Palmeiras não prova interferência


Em nota, a Federação Paulista de Futebol rebateu as alegações do Palmeiras de que houve interferência externa sobre a arbitragem na final do Campeonato Paulista. No texto, assinado pelo presidente Reinaldo Carneiro Bastos, a entidade nega qualquer influência e diz que nenhum diretor teve participação na decisão sobre o cancelamento do pênalti marcado em Dudu, do Palmeiras, no jogo contra o Corinthians.
A Federação, na nota, afirma que Dionísio Roberto Domingos, diretor de arbitragem, estava autorizado a ficar em volta do gramado. O texto não cita se ele poderia ter falado com os árbitros – justamente a alegação do Palmeiras para dizer que houve interferência externa.
No comunicado, a Federação lamenta ações que tentem decidir judicialmente o título paulista, mas diz que está atenta aos pedidos do Palmeiras sobre gravação de áudios dos árbitros e uso de árbitro de vídeo.


Publicidade


Busca

Siga-nos

Acompanhe o Tribuna Livre nas Redes Sociais!

Notícias Recentes

Aprovado PL que permite medida protetiva às mulheres sem autorização judicial


Faixas de pedestres em PV geram discussão nas redes sociais


Reforma trabalhista será tema de palestra em PV


UNIVESP inicia as atividades em Presidente Venceslau


Seis em cada 10 crianças no Brasil vivem na pobreza, diz Unicef


1