Federação Paulista diz que vídeo do Palmeiras não prova interferência


Em nota, a Federação Paulista de Futebol rebateu as alegações do Palmeiras de que houve interferência externa sobre a arbitragem na final do Campeonato Paulista. No texto, assinado pelo presidente Reinaldo Carneiro Bastos, a entidade nega qualquer influência e diz que nenhum diretor teve participação na decisão sobre o cancelamento do pênalti marcado em Dudu, do Palmeiras, no jogo contra o Corinthians.
A Federação, na nota, afirma que Dionísio Roberto Domingos, diretor de arbitragem, estava autorizado a ficar em volta do gramado. O texto não cita se ele poderia ter falado com os árbitros – justamente a alegação do Palmeiras para dizer que houve interferência externa.
No comunicado, a Federação lamenta ações que tentem decidir judicialmente o título paulista, mas diz que está atenta aos pedidos do Palmeiras sobre gravação de áudios dos árbitros e uso de árbitro de vídeo.


Publicidade


Busca

Siga-nos

Acompanhe o Tribuna Livre nas Redes Sociais!

Notícias Recentes






1