99,41% de bovídeos são vacinados contra febre aftosa no Estado


Dados sobre o fechamento da campanha de vacinação contra a febre aftosa, da CDA (Coordenadoria de Defesa Agropecuária) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, mostra que 99,41% de bovídeos (bovinos e bubalinos) foram vacinados durante a campanha de maio de 2018. Na região de Presidente Prudente, nos EDAs (Escritórios de Defesa Agropecuária) de Dracena, Prudente e Presidente Venceslau, 1.927.068 cabeças foram vacinadas.
De acordo com os dados emitidos pela CDA, o total de cabeças vacinadas durante a campanha foi de aproximadamente 10,8 milhões em todo Estado. Em comparação à campanha de novembro de 2017, houve queda de 0,01%, ou seja, 64.168 bovídeos não tiveram sua vacinação informada ao sistema.
O rebanho paulista está distribuído em 129.164 propriedades e 97,74% delas possui registro de vacinação. A vacinação é obrigatória, independentemente da idade do animal, e deixar de vacinar ou informar a vacinação gera multa ao proprietário. Durante a campanha, técnicos da Defesa Agropecuária assistiram à vacinação, num total de 815 propriedades com 66.492 animais vacinados. Neste ano, a campanha de vacinação aconteceu, excepcionalmente, entre os dias 1º de maio a 15 junho, sendo prorrogada em 15 dias devido à paralisação dos caminhoneiros.
Balanço da região: EDA de Dracena – 344.705 (99,80%); EDA de Presidente Prudente –756.642 (99.91%); EDA de Presidente Venceslau –825.721 (99,93%).


Publicidade








 

Siga-nos

Acompanhe o Tribuna Livre nas Redes Sociais!

Notícias Recentes






1