Oficina de Circo está com inscrições abertas em Pres. Venceslau

A Cia. Teatro da Recusa e o Ponto de Cultura MAP² informam a abertura de inscrições para a Oficina de Circo para pais e crianças, estas com idades a partir dos 7 anos. A atividade faz parte do Projeto Picadeiro, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, e tem a intenção de fomentar o circo social em Presidente Venceslau. 
“Os pais e educadores estão conscientes sobre a importância de oferecer às crianças e adolescentes significativas experiências de movimentos e vivências artísticas. A arte do circo é a forma escolhida para fornecer as crianças, adolescentes e adultos estas experiências, pois trabalham ao mesmo tempo e de maneira dinâmica conceitos como desenvolvimento motor, percepção, espaço temporal, ritmo, lateralidade, socialização e alto estilo”, ressalta Andreia Previtalli, organizadora da oficina.
São vinte vagas oferecidas e as inscrições podem ser feitas através do e-mail ciateatrodarecusa@gmail.com ou no telefone 18 991704350 [no corpo da mensagem devem conter informações com nome, idade, e telefone, no ASSUNTO Oficina de Circo, até o dia 10/04, ou no CEU das Artes, onde ocorrerá a oficina].
A oficina tem duração de sete meses, com início em 27 de março e término em 15 de novembro, e contará com a apresentação final de um espetáculo circense que será montado pelo grupo. 
As aulas serão realizadas pelo professor Romenes Evans, quinta geração de uma família de circo. Os horários livres para as aulas e treinos são todas as segundas-feiras e quartas-feiras, das 09h às 11h e das 15h às 19h, no CEU das Artes, localizado na Rua Olavo Bilac, 124, Bairro Antônio Daraia. 
O projeto terá vagas para mensalistas e bolsistas, com o valor da mensalidade a R$ 120,00 e quatro bolsas com 100% de desconto no valor da mensalidade durante todo o projeto para as pessoas moradoras dos bairros adjacentes ao CEU. 
A primeira aula é gratuita. Das modalidades oferecidas serão realizadas aulas de malabares, equilíbrio (monociclo, perna de pau, arame), acrobacia de solo e aérea, saltos acrobáticos, cama elástica, trapézio, lira, tecido liso e artes da palhaçaria. 
Ainda de acordo com Andreia, o projeto visa educar pela Arte Circense. “A finalidade é integrar, sociabilizar os participantes na comunidade onde vivem. Além de ensinar a técnica de Arte Circense será passado um ensinamento de vida aos participantes. Também serão estabelecidas condições do bom desempenho escolar para permanecer no projeto, como opção de lazer”, afirmou.  


Publicidade










 

Siga-nos

Acompanhe o Tribuna Livre nas Redes Sociais!

Notícias Recentes





Sono secular


1